Questionar e questionar

questionar

A curiosidade sempre foi uma das grandes molas da criatividade. Os maiores gênios sempre foram grandes curiosos. E a principal “ocupação” de um curioso é perguntar. Tente saber tudo. Crie interesse pelo maior número possível de assuntos, situações, pessoas. Pergunte aos outros e a você mesmo “o quê?”, “por que?”, “como?”, “quando?”, “onde?”, “quem?”. E, quando tiver as resposta, questione-as!

Written by 

Graduado em Comunicação Social pelo Centro Universitário de Brasília (1993), Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001) e Especialista em Gestão de Negócios pela Fundação Dom Cabral (2010). Profissional com experiência em instituições de ensino nacionais de grande e pequeno porte, com vivência na Direção Acadêmica e Executiva. Experiência em gestão acadêmica e administrativa nas modalidades Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Superior. Experiência na construção de planos de trabalho e instrumentos jurídicos para a tramitação de processos públicos voltados à execução de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Elaboração e apoio na execução de projetos para órgãos públicos e privados.

Deixe uma resposta